quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

MINHA PALAVRA PARA 2013




Comecei a reler Comer,Rezar e Amar, não terminei as leituras do livros já em andamento ainda (sempre tenho livros pela metade, péssimo hábito), mas no meio de uma crise interna e externa, achei propício ler um livro onde o personagem está na busca do equilíbrio.


Uma parte do livro conta que cada pessoa tem a sua palavra (assim acreditam os Italianos, segundo a autora) e a personagem principal Elizabeth Gilbert, descobre que não tem uma,não sabe que palavra a representa, ela sabe só os papeis que representam a sua vida e não o que ela realmente é.

Enquanto aprende novas palavras em Italiano, uma chama a sua atenção, Elizabeth gosta da sonoridade e do significado : 'Attraversiamo',  que significa de uma maneira bem informal:
'vamos atravessar'

E hoje relendo esse trecho do livro, essa palavra também me chamou atenção, Atravessar, ir alem, passar para o outro lado, deixar o caminho em que estava para seguir por outro lado.

Até hoje eu não tinha um "tema" para 2013, uma meta a cumprir, na verdade eu tinha uma unica  meta, ter o melhor final de gravidez possível e dedicar a minha filha até nos adaptarmos ao novo mundo familiar.

Eu já tinha visto algo em sites de Scrapbook sobre palavra/meta do ano e hoje lendo esse trecho do livro, tão simples tão banal, combinado com o sonho que tive essa noite tão real, decidi que a minha palavra do ano será justamente esse = Atravessar / Attraversiamo

Vou aprender a deixar de lado todas as coisas que aconteceram de tristes/ruins de lado, elas ficaram no passado e só ficarão seus ensinamentos.

Existe até um projeto de scrap chamado one little word, da Ali Edwards, que conheci no site Scrap Sins e Scrap Party  onde a proposta é definir uma palavra que norteia o ano.Definitivamente esta é a minha palavra, vou até seguir algumas propostas e fazer um livro de scrap sobre isso, pelo que li o conceito é ao trabalhar a palavra no scrap, estabelecer planos de ações para atingir o objetivo.

Então é isso, hoje é meu dia de ano novo. Meu novo recomeço dentre tantas coisas que já aconteceram este ano que simplesmente prefiro deixar pra trás  coisas que eu gostaria que não fossem verdade ou que nunca tivessem acontecido.

Ate mais !

Ps. Muito obrigada aos comentários no post Anterior, o ano como falei começou cheio de coisas tristes,  e que não tem como serem remediadas.
Obrigada  por esse carinho Virtual

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Normalidade?!


Onde está a normalidade?


Me mudei, engravidei, perdi a minha vó, perdi amigos, perdi a vontade e o gosto total pelo meu trabalho, não uso mais maquiagem, não assisto mais a filmes, não tomo mais café, não gosto mais de pão de queijo, estou sempre atrasada e principalmente no trabalho = reflexo de não querer mais fazer parte dele.

Onde está a normalidade da minha vida?

Perdi a vontade de escrever ( não foi só aqui), perdi a vontade de ler ( isso inclue livros, blogs, revistas, qualquer coisa ), quase não faço mais artesanato, desenvolvi certas alergias, certas sensibilidades.

Talvez esta seja  a nova normalidade?!

Não terei mais calmaria, com certeza! Agora tudo será diferente, mas já está tudo diferente.

Hoje eu só gostaria de voltar do almoço e tomar um longo café enquanto eu espero a hora de retornar ao serviço ( sim pq eu não estaria atrasada como sempre estou e poderia observar calmamente o passar dos minutos!).

Não deixarei o blog, não deixarei meu espaço, só preciso agora encontrar meu novo eu, um ponto de equilíbrio  Quem sabe justamente apos enxergar tudo isso eu já não encontrei e agora só preciso aceitá-lo ?