quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Algumas coisas boas de voltar a escrever no blog.

Posts quase todos os dias, estou progredindo, as fotos ainda são uma das questões mais trabalhosas para eu lidar, tirar foto, descarregar a maquina e conseguir achar a foto que quero para postar aqui é a parte que preciso me dedicar um pouco. O que mais atrapalha é que penso nas postagens de forma muito aleatória, conforme tenho vontade de escrever, abro o notepad digito tudo e depois abro o blogspot e publico, sem mais. Então buscar as fotos entra no quesito de elaborar mais o que publico criar uma linha de raciocínio e pensar um pouco em longo prazo no que irei colocar aqui. Será bom para desenvolver o processo de criação, algo que está um pouco esquecido com o processo mecânico que passo todos os dias no trabalho.

* Sou obrigada a deixar a preguiça de lado e parar de procrastinar. É preciso elaborar para ficar legal, até para expor o dia-a-dia é necessário planejar e elaborar a maneira de publicar, se não fica algo sem graça, feio.

* Aprender a ler com mais calma o que escrevo, com muita calma e atenção, comecei a ler algumas postagens antigas e quase caí para trás com alguns erros de português, a maioria por digitar com pressa e correndo e não revisar depois o que escrevi. Letras trocadas, frases sem sentindo (momentos nos quais eu apenas retirava as idéias de forma aleatoria da mente, muitas postagens precisam urgente de revisão, uma leitura apenas por alto me chamou atenção nisso).

*Vícios de linguagem - várias palavras e expressões repetidas, outra vez por não ler minuciosamente o que escrevo. Atualmente escrevo muito pouco e nada tão elaborado na minha rotina diária e percebi que agora desenvolvi certa dificuldade na escrita, não acho palavras para descrever os pensamentos que já não tenha sido repetida diversas vezes, até no mesmo parágrafo. Percebi essa dificuldade também quando fui escrever um simples bilhete na cardeneta da minha filha, queria escrever as minhas preocupações da melhor maneira possível, sem ofender quem fosse ler e entendesse com clareza meu ponto de vista e demorei muito para achar as palavras mais adequadas para escrever. Então notei preciso escrever muito mais, se eu desenvolver melhor as minhas postagens, estarei melhorando muito o meu português.

* Gírias usadas no dia-a-dia prejudicando o cérebro, estava lá eu pensando com os meus botões e do nada ouço meu cérebro dizer "mó cara muíe que tu não faz isso"... Mentalmente pus a mão na boca e pensei “credo as gírias estão dominando meu cérebro”, de tanto falar assim para "igualar" a forma de linguagem com o próximo, acabei atrofiando até a minha linha de raciocínio. Que feio!
Com essas reflexões achei melhores motivos para me esforçar e continuar com o blog. Adorei esse exercício.
E o que vocês acharam sobre essa reflexão? É fácil notar nos pequenos bilhetes a nossa escrita diária? É mais fácil achar os erros no blog alheio do que o nosso?


Beijos e até mais J

Nenhum comentário: