sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Aprendendo a Empreender em você mesmo como um projeto de vida.

Esses dias estava pensando no porque de algumas idéias não irem adiante, qual seria a diferença do fazer acontecer, porque um empreendedor consegue montar seu negócio e ir adiante e uma simples ideia de um projeto caseio não saia da mente quanto mais do papel? Qual era a peça chave do erro aqui?

E aqui não estou dizendo em como montar seu proprio negócio, estou dizendo sobre um projeto de vida, algo caseiro mesmo. Um exemplo disso: Você quer casar, ter uma festa, uma viagem, montar a casa e tudo o que envolve ao assunto. Isso pode ser chamado de um projeto né, é um projeto com data, que precisa de recursos, envolve outras pessoas, mesmo que dinheiro não seja problema e você pague para alguém montar tudo para você, ainda sim precisará de reuniões e de tomar algumas decisões. E com algumas planilhas, decisões tomadas, o casamento começa a tomar forma e se tornar o evento que estava no papel.

Com isso em mente, porque não emagrecemos (que é meu caso ok), não aprendemos a falar aquele idioma que tanto nos interessa ou manter uma meta de livros lidos por mês (filmes/seriados tanto faz) com a mesma eficácia? Ah porque envolve dinheiro e organização.

ok

Concordo.

Tudo gera em torno da organização, porém o que nos leva a desistir e não levar projetos pessoais adiante. porque nao criar um projeto, ali no papel mesmo, desenhando metas e levando a serio, como um trabalho, como algo muito importante mesmo e unicamente você pode realizar e concluir.

A imensa vontade de ver o "algo" acontecer não deve ficar limitado ao mundo dos sonhos, buscar alternativas, estudar métodos, descobri qual se encaixa. Pesquisar, estudar, planejar e agir. Fazer com o que o seu projeto pessoal seja ele qual for tenha uma grande importância na sua realização e fazer ele acontecer levando as ferramentas do empreendedorismo para a vida real, porque tudo pode ser reaproveitado .

Isso tudo (e muito mais) veio como uma avalanche em cima de mim, após eu abusar novamente de uma refeição e ao me deparar na rua vi uma pessoa com a mesmo tipo de roupa que eu e me espantei como eu parecia desengonçada, feia. Não se preocupem com esses adjetivos ok. eu simplesmente coloquei o que servia, naquele momento e sem ao menos reparar na minha imagem. O xis não é ser magro e sim o que a sua imagem representa, tem blogueiras plus size que eu vejo simplesmente arrasando, o tamanho não faz diferença, pois elas cuidam de si e que cuidados eu estava tendo comigo mesmo ( sempre dando desculpas para a falta de empenho)

Bum

Falta de empenho... qualquer coisa de qualquer jeito estava bom... Achei uma peça do quebra cabeça, não adiantava pensar se eu não colocava no papel, não desenha o caminho e não me empenhava para chegar nos resultados.

Querer resultados diferentes sem buscar por eles?

Não estou dizendo de muito não, estou dizendo de coisas pequenas, básicas, da sacola de roupa para doar dentro do armário esperando você tomar a atitude que falta para ela sair de lá, falta o lugar para doar? o horário?

Sente, pegue um papel, quem sabe uma caderneta que possa te acompanhar nesse projeto de empreender em você mesmo e seja teu assistente, liste tudo do começo a fim, tudo que precisa fazer das pequenas coisas a grandes coisas, não pense assim não terei descanso, não pense eu prefiro o sofá, se ele é teu projeto ok.. aceite ele como teu projeto e liberte-se da frustração do não é pra mim, eu não consigo.

Vamos lá, vamos junto alcançar o nosso pódio, vou fazer esse projeto de "empreender em você" mesmo.

* Aniversário da Lili - tá chegando e nada, nada resolvido, até agora, catei meu caderno e já estou planejando o que preciso e o que tem que acontecer.

* semana da faculdade - preciso em uma semana adiantar duas, porque na semana do aniversário terei outra prioridade e não posso correr risco de não entregar alguma atividade.

* Cardápio da semana uma semana de cada vez, um passo de cada vez.

Tem outros itens, montei a prioridade para os quinze dias de setembro, dei uma verificada também no que eu queria realizar em 2016, ainda dá tempo, todo dia é dia!

Vem comigo me acompanhar na saga do "Empreendendo em você mesmo "

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Eita que eu dei uma descontinuada na vida

Farmácia... o vilão das moedinhas.

Oi Gente como vocês estão?  Essa semana precisei ir na Farmácia comprar o combo dos remédios do mês, como o cansaço estava grande e a mente hiper dispersa, a vontade era de comprar várias bobeiras baratinhas para ver se o ego dava aquele up, porém logo lembrei que aos poucos estou retornando ao consumo mais consciente. Remédios caros, porém necessários, filas longas, filas como separadores cheios de tralhinhas, já viu né se não trabalhamos a mente, logo adicionamos um esmalte aqui, um lip balm, uma balinha e logo a conta aumenta sem nem perceber. Estou tentando rever alguns gastos, cortar futilidades, porque no fim só geram volume e sempre usamos as mesmas coisas, estou provisionando compras para o meu guarda roupa e ver o que realmente preciso para a próxima estação e só comprar o que faz parte da lista. Tenho algumas coisas que quero comprar, mas não estou lá com muita vontade de ir em shopping ou lojas para riscar um item da lista, então está lá anotado e quando achar algo que valha a pena, eu risco.

Para falar a verdade, eita semaninha que começou arretada, hoje é terça e já estou acabada como se fosse sexta, passei o fim de semana ruim, reação aguda a intolerância a glúten (sim, fui sem vergonha e consumi glúten com se não houvesse amanhã só que houve, um fim de semana inteira com várias reações só para me lembrar que o pecado  sai caro) e hoje ainda não estou legal e continuo pagando pelos pecados (sim foram vários também), sem contar que estou extremamente inchada e com cefaleias por causa dessa brincadeira o que diminuem o meu rendimento (além dos outros sintomas que não convém ficar falando por aqui)

Para deixar meu coração mais miúdo e meu corpo mais cansada, minha primogênita está doente, não sabemos muito bem o que é (já levei no médico, disse gripe, porém os sintomas não estão batendo, deve ser mais uma dessas viroses da vida. Não dormi de domingo para segunda e muito menos de segunda para terça. Juro que não sei como ela conseguiu, mas teve uma hora nessa madrugada que ela não achava mais posição para dormir e ela conseguiu chutar o abajur e todos os itens que estavam na mesa de cabeceira da minha casa, detalhe eu estava deitada do lado da mesa e ela no meio da cama, só para sentir como tem sido os meus dias ultimamente.

E a faculdade menina?

bom tá indo, empurrando e correndo quando precisa. Está faltando comprometimento e dedicação, a verdade é que não estou sabendo separa e lidar com tudo ao mesmo tempo como por exemplo a duas semanas lidando com a reação da intolerancia e o mal estar da minha pequena, eu finalmente estava com tudo em dia e agora já desandou tudo de novo, até pensei em parar e esperar, mas não é o que eu desejo no fundo, portanto vou fazendo o que posso e como posso.

Estou um pouco desanimado por ter perdido o foco e caído o meu ritmo, ando muito cansada e estou deixando maus hábitos retornarem, o sono está bem descompassado e chego em casa somente com energia para o jantar e ficar com as minha pequenas

O post era para falar de que estou tentando não gastar com futilidades, depois pensei em  dizer porque estou sumida e no fim virou um desabafo, blog de vida real tem dessas.

Bom não sei se amanha vou postar o primeiro diário de Ead que está pronto a quase duas semanas, mas até sexta eu coloco no ar.

Beijos e até mais!