sexta-feira, 7 de outubro de 2016

É chegado a hora

É preciso saber a hora de parar o café, a hora de simplificar a vida,
de tomar uma birita e de fazer as pazes com a vida.

É preciso saber a hora de cortar os cabelos, mandar um beijo ao vento e aceitar o seu acalento.

É preciso saber a hora de parar de comer glúten, de comer uma maçã por dia, fazer aquela caminhada e colocar o chá no cardápio do fim do dia.

É preciso aceitar as ruginhas ao pé dos olhos, os brincos diminutivos e uma boa taça de vinho.

É chegado a hora de deixar partir aquilo que não lhe cai bem, aquela saia que não entra mais, aceitar aquele jeans mais alto.

É chegado a hora de deixar o refrigerante de lado, de aceitar que certas pessoas que ficaram para trás e que de fato a vida ficou bem melhor assim.

É chegado a hora de aceitar levar um casaquinho na bolsa, não sair de cabelo molhado, de dormir de meia no inverno.

É chegado a hora de voltar ao sagrado, celebrar as raízes e permitir as folhas caírem.


Feliz 32 anos pra mim!

Nenhum comentário: