Mostrando postagens com marcador alimentação saudavel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alimentação saudavel. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Simplificando na Cozinha #1

Oi Todo mundo

Hoje eu vim dar uma boa dica que me salva aqui em casa que foi simplificar com as refeições aqui de casa, comida caseira e feita na hora é muito bom, mas nem sempre isso é fácil de conseguir na correria do dia a dia. 

A saída que eu encontrei foi simplificar as refeições, receitas novas e mais rebuscadas eu costumo deixar para o fim de semana, mais precisamente o domingo. que é o dia que eu gosto de ficar em casa com a família, já no sábado gostamos de passear e prefiro fazer refeições praticas nesse dia também.

Comida prática pode ser caseira, saudável e porque não congelada, existe todo um tabu sobre comida congelada, porém se for feita em casa, ela pode ser uma aliada na organização domestica, financeira e lhe render um tempo precioso a mais para estar com a família, cuidar mais de si, ler um livro ou ficar de bobeira no sofá, aquilo que lhe agradar mais.


Montando um cardápio antes de ir as compras:

Talvez essa seja a dica mais manjada da internet e caso queira saber mais sobre isso, só colocar no Senhor Google que tem vários sites confiáveis e de muitas donas de casa contando em como a experiencia deu certo. Pasme ( ou não ) esse método não funcionou comigo e vou explicar o porque, aqui em casa fazemos compras em dois dias da semana específicos na quarta e sexta, esses dias são os da promoção de legumes/frutas/verduras e no outro de carnes (aqui entra a parte de economia doméstica, procurar os dias mais baratos para fazer "render" o orçamento). 

Só que os valores variam muito de uma semana para outra e um ingrediente como por exemplo a batata, em uma semana está aproximadamente cinco reais e na outra quase nove. Então pra mim fazer um cardápio fixo  com  valores tão discrepantes não iria me ajudar na questão financeira, e isso não cabe somente nos legumes, acontece nas carnes também e como cada  uma serve para um tipo de preparo, seria mudar toda a forma de preparo comprar outro tipo de carne.

Conhecendo o gosto da família:

Essa é a dica de ouro, aqui em casa temos gostos variados, mas que no geral são simples e fáceis de agradar e com isso quando estou fazendo comprar sei o que a família gosta de comer e vou me baseando no que temos em casa e no que já tem no carrinho e vou elaborando em mente as combinações que posso fazer com os ingredientes, talvez nessa hora seja bom ter uma lista de compras sim, eu tenho a lista dos itens essenciais para a casa e os itens que eu gostaria de comprar e neste caso observo se vale a pena ou não financeiramente levar pra casa.

Botando a mão na massa:

Vamos para a parte prática do post, eu cozinho, logo existo, bem assim. Em casa gostamos de carnes cozidas e elas são ótimas opções para congelar  e como eu tenho crianças pequenas eu faço com bastante legumes e caldos, assim o jantar fica apetitoso para elas também. Minhas preferidas são carnes moídas e frango - neste caso eu prefiro peito que pode ser desfiado ou em cubinhos.

Porções de carnes cozidas com legumes para as crianças.


Frango desfiado cozido é pratico também, uma boa dica é que quando eu compro peito de frango com osso, corto o máximo que eu consigo montando files e cubinhos, mas não me mato para sair perfeito não, cozinho a parte que sobra com osso e desfio e congelo tudo num saquinho próprio para ir ao congelador ou num pote, quando tenho uma certa quantidade eu posso juntar num prato especifico que queira montar ou até num molho para uma lasanha, arroz de forno, panquecas e por aí vai.

Quando compro sassami ( um corte do peito do frango) ou o próprio peito sem osso, congelo em pequenas porcões temperadas, pois posso resolver fazer grelhado ou na AirFryer ou mesmo assado com batatas (não é a minha primeira opção, mais pra frente falarei do corte que mais gosto para isso).

Bifes : congelo já temperados e em quantidade para duas refeições (almoço e jantar) em saquinhos ziplocs ou em potes de frios o modelo que eu tenho são bandejas que se sobrepões umas as outras com somente uma tampa, eu deixo elas empilhadas no meu freezer, retiro uma por vez e ele fica organizado..



Coxa e sobrecoxa : separo as porções e congela já temperadas, mas maneiro no sal e pimenta pois são temperos que mais se sobrassem ao ser congelados. Esse corte é o preferido para ser assado com batatas e o povo daqui de casa gosta muito.


Frango a passarinho: Também separo em porções separadas e temperadas e uso a Air Freyer para o preparo, não faço fritura em casa, não me agrada o gosto do óleo e muito menos ter que limpar o estrago depois, fora que moro em apartamento pequeno e o cheiro em casa ficaria impregnado.



Dicas :

- Sempre que cozinho em casa, procuro congelar uma quantidade para me ajudar no momento de correria, aqui vale para a mistura e o feijão, arroz e as massas aqui em casa são sempre fresquinhos. Não é todo dia que a mistura é congelada, sempre tenho para me socorrer, mas sempre tem o dia da comida inteiramente fresquinha;



- O jantar da noite anterior pode ser reservado uma porção para o almoço ou vice e versa, veja o que funciona melhor na sua casa, aqui até por tempo, a janta serve de base para o almoço do dia seguinte;

- A cozinha é o coração da casa, ela alimenta a família com amor e carinho, aos poucos descobre o que funciona para a família, o que cada um gosta e porque não abrir um dia para a folga e para cada vez um membro da família escolher o que gosta pode ser a sexta da pizza, sábado do hambúrguer (com muita salada e combinações especiais criadas de acordo com as preferencias), a vida já é pesada e dura o suficiente para que sejamos tão rígidos o tempo todo. vale abrir brechinhas para diversão sempre que possível.

Acabei de perceber que tenho muito mais a escrever sobre isso e o post já está enorme, vou dividir em algumas partes para poder falar bem mais sobre isso, afinal demorei algum tempo de correria para perceber o que funcionava por aqui e acho bem legal dividir essa informação.

Então até mais pessoal, me deixe nos comentários as suas dicas de simplificar a cozinha, ou perguntas que eu colocarei nos próximos posts sobre o assunto.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Bolo de maçã

Oi todo mundo

Hoje vou postar a receita de um bolo que fez sucesso aqui em casa, bolo de maçã que eu incrementei com algumas bananas.

Ingredientes:

- 03 ovos;
- 1/2 xícara de chá de óleo ( aqui seria interessante e mais saudável substituir por óleo de coco, futuramente vou fazer essa experiencia);
- 3 maças;
- 2 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo ( novamente aqui cabe substituições - farinha de aveia, de arroz, integral, vale experimentar para descobrir qual fica mais saborosa a receita, quero muito em breve fazer essa receita de modo mais saudável e uma coisa que li bem legal sobre substituições é que para acostumar o paladar na mudança de farinhas você pode fazer um mix usar uma xícara da comum e uma xícara do novo tipo de farinha que está introduzindo na alimentação);
- 1 xícara de açúcar (demerara, orgânico, aquele que preferi, eu já fiz sem açúcar e não gostei muito, mas quando usei bananas bem docinhas dá para retirar esse ingrediente ) ;
- canela em pó;
- 1 colher de fermento para bolo

Mode de preparo:

Primeiro eu descasco as maças e reservo a casca, pico em cubinhos e nessa parte quanto menor os cubinhos mais úmido ficará a maça e quanto maior os pedaços, eles ficarão mais aparentes e "pedaçudos" no bolo. Como estava inspirada no dia, piquei algumas bananas, coloquei uvas passas e suco de duas laranjas, adicionei a farinha e misturei tudo delicadamente e reservei.

No liquidificador eu bati as cascas das maças e todos os demais ingredientes, depois de tudo homogêneo misturei o fermento no mesmo liquido.

Nessa etapa dá para temperar com especiarias o bolo, por exemplo : nós moscada, canela em pó, varo em pó.

Depois é só despejar o liquido nas maçar cortadas que estavam reservadas e misturar delicadamente para não "esmagar" as frutas no processo. Levar ao forno e assar até dourar.

Ficou bem umido e não sobrou para contar historia e o que acho mais legal é permitir modificações como usar frutas cristalizadas e especiarias.












quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Crepioca : Fácil e gostosa!

Oi Todo mundo

Hoje quero passar uma receita coringa que passei a fazer aqui em casa para o café da manhã, mas dá para fazer naquele fome à noite e até num almoço rápido com muita salada

A crepioca nada mais é fazer um bom omelete e usar a goma da tapioca para enriquecer a refeição e dar uma certa sustância, aqui em casa substituímos o pão e agora só quando bate  aquela vontade irresistível mesmo.

Vamos a receita (se é que dá para chamar de receita):

- um ovo

- duas colheres (sopa) rasas de goma de tapioca

-tempere a gosto ( sal, pimenta, orégano e outras ervas)

Modo de preparo:

Basta bater numa tigela para misturar bem os ingredientes ou até mesmo colocar por 1 minuto tudo no liquidificador. Vai da sua preferência eu bato a mão mesmo.  Quando a mistura estiver homogênea, coloque numa frigideira pré aquecida (eu não uso nenhum tipo de gordura para untar a frigideira) Tampe a frigideira e aguarde as bordas ficarem douradas para virar. Quando crescer está pronta.

E dá para brincar com essa receita, você pode rechear como se fosse um crepe, usar tomatinhos picados, queijo magro, peito de peru, cebolinha, eu não uso sal, no começo sentia falta, mas já habituei meu paladar e agora não faz mais parte dos temperos que eu uso nessa receita. 

Eu já usei até espinafre e couve para rechear e fazer da crepioca minha refeição noturna, ela fica bem saborosa e quentinha fica parecendo um pão de queijo, com recheios ou temperos e até apenas só com o ovo e a tapioca, fica muito bom e uma opção a mais para um café da manhã ou lanche diferente se você assim como eu prefere opções salgados do que os doces.


crepioca com cebola acompanhada de pure de beterraba com cenoura.


crepioca com ervas e recheada com peito de peru e queijo minas